Torne grande as pequenas coisas

large

Estamos vivendo momentos de guerra e infelizmente não estou dizendo isso metaforicamente, gostaria muito que fosse e não existe um dia sequer que eu não pense em como gostaria que tudo se tornasse paz. Mesmo que aparentemente não existam motivos para instantânea paz, eu sei que os motivos para a guerra são menores ainda.

Mas não vim escrever sobre a França e nem sobre Minas Gerais, minha ideia não é falar de coisas que pesam o coração da gente, eu quero compartilhar amor, quero transbordar e ser completamente composta de amor. Digo que quero ser porque sei que ainda não sou, sei que há pedaços de guerra em mim.

Sei que todos podemos ser amor e paz, paz e amor. Talvez não o tempo todo, todos os dias da semana, mas pelo menos em grande parte do tempo. Se valorizarmos cada detalhe uns dos outros, cada detalhe do pedaço de mundo que ainda resta ao redor de nós, sempre há um lado bom ou um pedaço todo de bondade.

Como já dizia o Pequeno Príncipe, “o essencial é invisível aos olhos”. Isso quer que dizer que “só se vê bem com o coração”. Muitas vezes achamos impossível ver algo bom, mas e sentir? É possível sentir tranquilidade em meio a confusão? Amor no meio da raiva? Beleza no meio de toda essa destruição? E a esperança no meio de toda descrença?

Eu acredito que sim, e mais do que acreditar eu sempre tento lutar pra que isso se torne real, pra que a paz reine em meio a tanta guerra e que o desamor dê lugar ao amor e a compaixão. Para que todas as pessoas deixem de ser vistas como números e passe a ser vistas como pessoas, porque é isso que todos somos, somos apenas seres humanos.

Anúncios

Publicado por

Gabrielly Cabral

Gabrielly Raphaella Rodrigues Cabral, 18. Sou de São Paulo e amo essa cidade grande e barulhenta. Gosto de livros, filmes, músicas e etc. E acho que é só.

7 comentários em “Torne grande as pequenas coisas”

  1. Achei linda a imagem e gostei de ver sua ideia no texto. O que posso dizer e claro sem contradizer o descrito apenas pondo minha visão é que a guerra existe todo dia e por diversos motivos. Estamos sempre em lutas, mas poderíamos diferenciar sim. Existe a luta do resgate, seja ele do Planeta, dos menos afortunados e existem as lutas politicas que incluem o sufixo “Ismo”. Enquanto permitimos que nossa ideologia fique embasada no “Ismo” estaremos, mesmo dizendo que não, segregando grupos, opções, enfim. 🙂
    Que a Paz reine, mas não somente nas palavras e muito mais nos corações. 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    1. Entendo a sua posição e também acho importantíssimo e relevante todo tipo de luta altruísta. A luta diária contra nosso ego em prol de salvar algo que nos é importante.
      Gostei muito do seu comentário e a sua opinião agregou muito valor e me fez ver um ponto diferente do relatado no meu texto, uma ótima inspiração pra um texto futuro.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s