A vida é um nó 

A gente pensa que algum dia vai acordar e estar preparado pra tudo que a vida tem preparado pra nós, mas não é bem assim. Essa reparação não e instantânea, é algo a ser construído.

Só que nem tudo é assim, existem dias em que a gente realmente acorda pronto pra tomar as atitudes mais radicais das nossas vidas. E em outros nos levantamos com respostas para questões que carregamos há anos.

Se um dia me disserem que a vida é  uma linha reta eu terei que discordar, a vida é um nó e nossa função não é desfaze-lo, mas sim conviver com as constantes mudanças pelas quais passamos.

A cada momento estamos em uma fase diferente que nos vai trazer as sensações mais diferentes, não existe nada mais lindo que isso e o que eu mais quero é aproveitar cada um desses detalhes que a vida nos proporciona.

Conclusões sobre o primeiro semestre de faculdade


Faz um tempo desde que eu fiz o primeiro post sobre a faculdade e nele eu falava sobre as minhas primeiras impressões e expectativas para os meus primeiros seis meses de aula, quem não viu pode clicar aqui para ver o outro post, mas agora que já passou o primeiro semestre.


Como eu citei quatro coisas no primeiro post, vou seguir o mesmo padrão aqui, então vamos lá:

1º Tirar nota máxima continua sendo

Parece besteira, mas é sempre bom ver que o nosso esforço ao estudar é recompensado com uma nota alta. Achei que não ligaria mais pra isso, só que eu ainda gosto.

2° Amizades loucas

Por causa da diversidade de pessoas que estudam no mesmo lugar, a gente acaba conhecendo e conversando com pessoas que são bem diferentes da gente e isso é ótimo.

3° Definitivamente maturidade e idade não estão ligadas 

Infelizmente algumas dessas diferenças entre pessoas as vezes resultam em desconfortos. Tive o desprazer de presenciar bullying dentro de uma universidade, achei que depois de certa idade isso não fizesse mais parte do comportamento das pessoas, mas infelizmente faz sim.

4° Estudar por conta é a palavra chave

Não adianta esperar conteúdo mastigado e muito menos esperar que o professor traga extras, é uma obrigação como futuro profissional ir atrás de tudo que for necessário para ter um conhecimento completo.


Essas são minhas pequenas conclusões sobre esse primeiro semestre, ainda tenho alguns pela frente e espero que cada vez melhores.

366 Dias de Sorrisos

Já faz um tempo, mas eu postei aqui no blog sobre o 366 Dias de Sorrisos, tem até um botão ali no menu que direciona diretamente para o livro.

Então hoje resolvi trazer um pedacinho de lá pra vocês, só a primeira parte pra quem tiver interesse de conhecer o que eu estou escrevendo.

Esses acima são a capa e o que podemos chamar de o primeiro capitulo, espero que gostem.

;*

Tag: 8 coisas

Gente, tá aqui mais uma tag, essa era pra ter sido postada faz um tempo, porque eu já tinha sido indicada por outra pessoa, mas eu perdi o comentário dela então não consegui responder, assim que eu achar eu coloco o link aqui no post.

Mas então a Gabi do blog Cem Tonalidades me indicou e estão aqui minhas respostas.

8 COISAS PARA FAZER ANTES DE MORRER

  • Compartilhar o máximo de amor que eu puder;
  • Viajar muito;
  • Escrever um livro;
  • Fazer parte da produção de um filme;
  • Aprender a fazer muitas coisas novas e diferentes que não tem como eu listar todass aqui;
  • Dar aulas;
  • Fazer serviço voluntário;
  • Pintar o cabelo.

8 COISAS QUE EU AMO

  • Deus;
  • Eu;
  • Minha família;
  • Todo tipo de arte e comunicação (livros, filmes, música…)
  • Belezas naturais, tanto de pessoas como lugares;
  • Gentileza;
  • Conhecer gente nova;
  • Sair.

8 COISAS QUE EU FALO

  • Sensacional;
  • Fantástico;
  • Que lindinho;
  • Tanto faz;
  • Isso não é um problema meu;
  • Jura?
  • Olha, você precisa ler esse livro;
  • Aquele filme/série é ótimo.

8 COISAS QUE ODEIO

  • Mentiras e omissões;
  • Falta de amor;
  • Frescuras;
  • Inconveniência;
  • Qualquer tipo de dor;
  • Spoiler;
  • Grosseria,
  • Gritaria.

8 COISAS/OBJETOS QUE NÃO VIVO SEM 

  • Pessoas importantes pra mim (incluímos Deus aqui);
  • Todo tipo de arte e comunicação (livros, filmes, música…);
  • Escrever;
  • Conhecer lugares novos;
  • Dar risadas;
  • Falar muito;
  • Comer besteira;
  • Água.

***

Se vocês se identificaram com alguma das minhas respostas comente aqui embaixo, vou gostar de saber ❤

Primeiras impressões

largeComecei segunda-feira minhas aulas na faculdade, desde então tenho descoberto um espaço diferente da vida, então resolvi fazer um post pra dizer minhas primeiras impressões:

1º As diferenças são bem gritantes:

Quando a gente tá no colégio a maioria das pessoas tem a mesma idade, faz as mesmas coisas e frequenta os mesmo lugares, ou seja, estão na mesma fase da vida. Já na graduação não é bem assim, tem gente de todas as idades, com ideias e jeitos diferentes.

Até o momento tudo isso tem sido “ok” pra mim, adoro a diversidade das pessoas, então isso é muito bom pra mim.

2º Tem gente demais:

Dependendo da universidade que você for estudar, ela vai ter muito andares e com isso muitas pessoas. Não vai ser toda hora que você vai encontrar aquele colega que você fez no primeiro dia de aula.

Eu por exemplo, fiz uma colega numa fila no primeiro dia e duvido que eu vá encontrar ela tão cedo.

3º Estudar por conta própria é essencial:

Tudo ali depende de você, mas com isso eu já estava acostumada, já que fiz técnico e o sistema era o mesmo, mas pra maioria das pessoas é meio que um choque ter que estudar a matéria da aula sem a mesma ter acontecido.

O professor vai chegar pedindo pra todo mundo montar grupos na primeira semana de aula e te passar dois filmes pra assistir, como você vai assistir ou se enturmar, são problemas inteiramente seus.

4º A felicidade de estudar aquilo que gosta:

Não, você não será mais obrigada a estudar pra tirar nota naquela matéria que você não se dá bem. Essa é a grande vantagem da faculdade, ali você está por escolha e não porque tua mãe te acordou cedo e te obrigou a ir pra escola.

É muito bom aprender sobre aquilo que você se interessa, é uma das melhores coisas.

***

Por hoje é isso, me contem nos comentários quais as coisas novas que tem acontecido com vocês esse ano.

;*

366 Dias de Sorrisos

large

366 Dias de Sorrisos é um projeto que eu já tenho pensado faz um tempo, já que eu sempre amei ler querer escrever, as vezes, é uma consequência. Já iniciei diversas histórias e algumas estão por concluir, outras foram esquecidas pelo caminho, mas meu principal defeito é deixar sempre pra lá e desistir de mostrar pra alguém.

Então, eu criei uma conta no wattpad e comecei a publicar hoje o 366 Dias de Sorrisos. Logo após isso, eu publiquei o primeiro capítulo dele e tá tudo lá pra quem quiser dar uma conferida.

***

Sinopse: 366 Dias de Sorrisos – Nada melhor do que encher um ano bissexto de sorrisos e essa é a ideia do meu primeiro projeto escrito. A cada dia uma nova frase inspiradora e um texto reflexivo trarão sorrisos para o seu dia e tudo isso durante um ano todo. Como se não pudesse melhorar, as frases sempre serão tiradas de filmes que todos amamos, com certeza em algum dos dias do ano você encontrará a frase de um filme que você ama.

***

Vocês podem achar o meu livrinho no Wattpad clicando aqui ou em qualquer lugar que esteja escrito 366 Dias de Sorrisos.

Espero que gostem da ideia e espero que eu consiga ir até o final com isso, todos os 366 dias.

;*

10 coisas que eu amo nas pessoas

image

1 – pessoas que falam gírias da internet. Não sei se sou só eu, mas me sinto mais familiarizada e a vontade quando converso com pessoas que falam gírias da internet, as pessoas ficam mais amigáveis quando falam assim.

2 – gente sincera. Gente sincera é bem mais confiável e também não te deixam na dúvida quando falam que o que você ta vestindo tá legal, porque se não estivesse com certeza essa pessoa mandaria você trocar de roupa imediatamente.

3 – pessoas que aguentam a zueira. O ponto inicial de uma amizade é quando você zoa uma pessoa e ela te zoa de volta. Nada faz amigos mais próximos do que a zueira e quando a pessoa aguenta as brincadeiras sem frescura você sabe que nunca vai perder essa amizade por causa de uma piada.

4 – pessoas que entendem e respeitam os limites. Existe gente chata e é possível identificar uma pessoa chata quando ela passa dos limites em tudo, você fala que não quer mais e a pessoa continua fazendo. Manter próximo aqueles que respeitam seu espaço é o melhor a fazer.

image

5 – pessoas criativas. Mesmo quando está um dia super chuvoso e ninguém ta afim de fazer nada, é sempre bom ter aquele amigo que inventa um assunto diferente, um lugar novo pra ir ou uma brincadeira que ninguém lembrava mais.

6 – gente inteligente. Quando você está perto de alguém inteligente, tudo o que você fala ou observa gera horas de assunto. Porque a pessoa sempre vai se interessar pelo que você diz e você pelo que ela fala e assim não será conversa jogada fora, mas sim troca de conhecimentos de forma descontraída.

7 – pessoas que reconhecem qualidade nas outras pessoas. Existe gente que quer sempre ser o centro do universo e isso acaba sendo incomodo pra todo mundo, inclusive pra essa pessoa, que nunca será o centro do universo. Não existe nada mais agradável do que estar perto de gente que enxerga o mundo ao seu redor e percebe que existe gente além dele no mundo e gente incrível, com qualidades sensacionais. Esse tipo de gente te abre os olhos pra coisas maravilhosas que você ainda não tinha notado.

8 – pessoas dispostas. Sabe aquelas pessoas que você fala “vamos?” e a pessoa vai? Gente sem frescura de “não tenho nada pra vestir”. Pessoas que estão dispostas a viver e se divertir mesmo sem estar maquiada, são pessoas pra levar no coração.

9 – pessoas engraçadas. Sabe aquele amigo que é só sentar do lado e você começa a rir? Mantenha ele, vai valer a pena sempre ter alguém assim na vida toda.

image

10 – pessoas desencanadas. Gente assim é mais feliz e automaticamente te faz mais feliz, porque a felicidade contagia todo mundo e assim você transmite felicidade. Seja desencanado e torne o mundo um lugar mais leve.