Série: Stranger Things


Stranger Things é a mais nova série produzida pela (maravilhosa) Netflix. A série estreou no fim de semana passado e já conquistou muitos corações.

É uma série de suspense e um tanto de terror também, o elenco é composto por crianças que dão um baile em muitos atores mais velhos, vale muito a pena assistir esses(as) garotos(as).

large5

Episódio Piloto:

O primeiro episódio não é só introdutório, ele já adianta bastante e da uma ideia sobre como a série vai desenrolar. Dá pra ver que a série não vai ser daquelas que te enrolam sem ter história pra contar, eles realmente tem o que dizer.

Já nesse episódio um garoto desaparece de forma bem sinistra e misteriosa, todos na cidade vão atrás dele.

Enquanto um garoto some, há uma garota que aparece na cidade que está fugindo de uma área que é isolada na cidade. Nas cenas em que ela aparece dá pra perceber que ela tem algum tipo de “poder sobrenatural”.

***

Eu não quero contar mais, pra não correr o risco de dizer algum spoiler e também porque ainda não acabei a temporada toda. Mas prometo atualizar o post assim que terminar.

E vocês o que tem pra me dizer sobre essa sériezinha que acabou de chegar, mas já mora no nosso coração?

De Onde Vem a Ideia de “Felizes para Sempre”?

large

Nós sempre tivemos a noção de que somos limitados de tempo, somos fracos no corpo e na mente. Sabemos que um dia ou outro, por mais que tomemos todos os cuidados possíveis e necessários, nossa humanidade vem a toda, nós cedemos. Porque definitivamente: não somos ternos.

Sabemos que a vida gira junto com o mundo, então de onde veio à ideia de que seriamos felizes o tempo inteiro?

Como diversos escritores já citaram em seus romances e também como as pessoas compartilham todos os dias nas redes sociais a vida é como uma montanha russa. Hora estamos felizes, já em outras situações estamos irritados, ou estressados.

Essa alternação de sensações e emoções é totalmente necessária e essencial para uma vida plena e completa, é como se você tivesse a oportunidade de se conhecer em toda e qualquer situação. Como se a vida te desse a chance de saber seus defeitos e trabalhar neles pra se tornar incrível, um ser humano incrível com sua finidade de tempo, como todos estamos destinados a ser.

Então pra que tanta pressão e paranoia em torno de um tempo que não temos e um sentimento que não é constante?

Se não fosse tão necessário um “felizes para sempre”, talvez as pessoas se encontrassem mais, não só umas com as outras, mas encontrassem a si mesmas e entendessem a necessidade da inconstância na vida. Porque ser a mesma coisa o tempo todo é um saco, mesmo que você seja deputado, professor ou viajante.

Um dia, quem sabe, se as pessoas pararem de julgar tão necessário um acontecimento na vida do outro elas talvez percebam que precisam do mesmo que os outros precisam: um pouquinho mais de liberdade.

9 motivos para ser você mesmo

large

  1. Não existem motivos para você ser outra pessoa;
  2. Cada um tem um propósito na vida, ficar tentando ser outra coisa, só adia seus objetivos;
  3. Se não for sincero com você não conseguirá ser sincero com as outras pessoas;
  4. Quando você não é autentico, não consegue conquistar nada genuinamente;
  5. Sorrir é mais fácil, quando você está a vontade com seu eu interior;
  6. Agradar aos outros não faz com que você se sinta melhor quando aquilo não é verdadeiro pra você;
  7. Se fossemos feitos para sermos todos iguais, não existiriam imperfeições;
  8. Não adianta estar cercado por multidões, se você não pode contar consigo mesmo para se fazer feliz;
  9. A vida é cheia de desafios, torne-a mais leve sendo fiel a quem você é.

9 motivos para não julgar

fA4PshlSTh

  1. Você tem sua própria vida para cuidar;
  2. Você também tem escolhas que não agradam os outros;
  3. Ninguém vive para te agradar;
  4. Isso atinge mais a você do que ao que te desagrada;
  5. Julgar alguém impede você de ser quem você é;
  6. Ficar feliz pelos outros ao invés de julgar é mais bonito e faz bem pro coração;
  7. Olhar muito para os outros te faz esquecer de olhar pra si mesmo;
  8. Ninguém vive a espera da sua aprovação, então se poupe desse sentimento;
  9. Viver e ser autêntico é muito mais legal do que julgar.

O tamanho da queda

Posso dizer que cheguei ao topo, cheguei ao topo da vida, cheguei ao topo do amor, enfim estou no topo. E decididamente estou prestes a me jogar. Isso ai, me jogar daqui de cima, não tenho medo nenhum de cair e nem das dores, recuperar-me é fácil. Mas infelizmente não posso dizer que não tenho nenhum medo.

Tenho medo de como vou seguir em frente depois, de como vai ser. Pra resumir posso colocar em palavras que tenho medo do incerto, de como vai ser depois que eu me recuperar das minhas dores. Até porque não tenho nenhuma dúvida da minha recuperação, nenhuma queda é uma derrota. Mas tenho medo do que não posso prever.

Mais essa minha história de medo do incerto já não é novidade. Sempre tive medo do imprevisível, hoje eu tenho até um pouco mais de controle sobre isso, porém não controlo ainda totalmente.

O maior segredo de todos, bom não é bem um segredo, é mais uma dica. Você precisa ser realista, com tudo. Não digo que você não deva sonhar às vezes sem ter os pés no chão, mas se você viajar muito a queda é sempre maior.